quarta-feira, 30 de setembro de 2009

E o mundo continua girando...

Tem coisas que me fazem parar no meio do caminho e querem me cegar. Mas de todo jeito continuo a olhar, e a procurar. Procurar o que há de bom, quando não se tem muito o que ver; quando tudo que está no momento quer me corroer. Ah, eu quero os meus sonhos. Quero cheirar e sentir eles, apesar desse caminho cheio de buraquinhos e pedras disfarçadas.
Ponho a música pra rolar, invento dançar, penso em escrever... faço tudo pra não deixar o medo permanecer.

-



" Nunca, Nunca, Nunca deixe alguém te dizer que aquilo que você acredita é babaquice, que de repente o teu sonho não vai dar certo... "


-




É o que tento fazer.



terça-feira, 29 de setembro de 2009

Então, tá...

Vamos voltar a brincar de amar. Mas dessa vez, você não vai me jogar por cima dos ombros.
Eu vou na frente, e você vai atrás, para aprender a ver que sou capaz.

sábado, 19 de setembro de 2009

Confusão!

Ah, e que confusão! Pôxa, é incrível como nós nos confundimos- às vezes fico cega e só consigo o que quero ver nas pessoas. Fico tão obcecada por uma imagem errada, e me recuso a ver a verdadeira. Eu tenho que aprender a não tomar ações precipitadas, a não falar sem pensar, sem se por no lugar dos outros... talvez eu esteja errando denovo. E denovo... esse é o problema, acho que eu tô descobrindo que realmente você aprende errando.
A vida é um oceano, com ondas fortes e enormes, de erros, e eu estou tentando me achar com um barquinho de plástico e um remador nada confiável.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

E...

"Já que fui ontem,
estarei no amanhã
brincando de outra pessoa,
invadindo outro mundo.
Eu vou,
Eu vou..."

terça-feira, 15 de setembro de 2009

O que é teu.

É, o teu cheiro, o teu sabor, o teu medo.
Quero sentir sempre.
Me faz correr milhas e querer estar na tua vida.
O teu som, é...
em mim entra como música e faz de tudo pra não sair.
E se tu disseres agora que não me amas mais,
me deixe!
Mas não leva o que é teu,
pois você ainda é tudo que quero, quero que seja meu.




-


sábado, 12 de setembro de 2009

Mútipla personalidade.

Nem sei porque, mas deu vontade de dizer quais e como são as "Marias" que eu posso ser. Bom...

1º. A quietinha: Essa é a mais conhecida, e também a que eu mais gosto. Muitas vezes engana muito bem... por causa dela, ninguém me reconhece na hora da explosão.

2º. A mandona: Não gosto muito. Ela sempre aparece sem avisar, às vezes sai do controle e é teimosa... muito teimosa! Infelizmente é muito conhecida, também.

3º. O docinho: Pouco conhecida. É tão doce, mas prefere não se dar por inteiro. Pensa muito antes de entrar em ação, e por isso fico extremamente irritada com ela.

4º. A tagarela: Conhecida por quem a conhece bem. Ouve muito bem mas, na hora de defender as suas idéias, línguas voam da sua boca! Adora uma discussão, só assim pode mostrar que está certa e ter certeza de que está errada. Ah, eu a amo!

5º. A "não faz isso, porque é feio": Uma das melhores, pois é muito justa. Só dá uma de louca quando vê que alguém tá mal por causa da ação de qualquer outro. Sabe o que é errado, e é contra o que é.

6º. A desconhecida: Muitas vezes se perde em si mesma. Precisa de uma "mãozinha" e troca tanto de personalidade que se encontra confusa!

...


Tá, agora todas elas estão em mim. Só mechendo a minha cabeça...



domingo, 6 de setembro de 2009

Medo.

Na minha cabeça você não está lá.
Mas continuas no meu lugar, respirando o meu ar.
Não vou sair do meu lugar, já não aguento mais você me mudar.
Me tomar.
Não peço mais a você pra me esquecer,
pois assim conseguirei te entender.
Mas quem quer saber?
Sozinha me livrarei,
tirarei de dentro o que conquistei com você.




-




(Não tô sentindo nada disso. As palavras foram saindo... aah, chega de rimas!).

sábado, 5 de setembro de 2009

A arte do meu mundo.


As minhas mãos tocam mais que canção,
elas me tiram do chão.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Menininha?


É amarga! Não, pelo contrário... é muito doce. Muito doce, mas não é coberta de açúcar. Não sabe o que quer e nem o que procurar. Esqueceu em que rua entrou, em que esquina dobrou e em que Maria será. Ah, uma coisa eu já sei: ela pode ser doce, salgada, amarga, sem gosto... uma em várias. Que vida tem graça com um só aroma, um só sabor, um só amor?

...

Ainda estou começando a minha mas entrarei com o pé, e com a mão e com a barriga e...

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Sonhos.

Eles estavam escondidos dentro de mim, agora quero deixá- los sair. E quem quiser me seguir, é melhor não desistir, farei de tudo pra conseguir.


-



" A verdade tá na cara, não precisa confirmar".

Youtube!

Loading...